rss
Data:19/set/2011, 10h24min

Rio Grande do Sul foi o Estado que menos investiu em saúde em 2009

Em 2009, o RS destinou apenas 5% de sua receita para a área da saúde | Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini

Da Redação

Um levantamento do Ministério da Saúde revela que, em 2009, dez Estados não investiram o mínimo de 12% de suas receitas na saúde. O Estado que apresenta a situação mais irregular é o Rio Grande do Sul, que destinou para a área apenas 5% de sua receita. Em termos comparativos, o segundo Estado que menos investiu é Goiás, que aplicou 10,25%.

O percentual é determinado pela emenda 29, que obriga União, Estados e municípios a aplicarem parte de suas receitas no sistema de saúde, cuja regulamentação deve ser votada nesta próxima quarta-feira (21) na Câmara Federal. Caso seja aprovada, a regulamentação da emenda irá determinar o que pode ser contabilizado como gasto em saúde. A inexistência do marco legal é o que atualmente permite a Estados incluir gastos que posteriormente acabam sendo desconsiderados pelo Ministério da Saúde.

A análise do ministério desconsidera quatro tipos de investimentos: 1) despesas com hospitais de servidores públicos; 2) gastos com saneamento básico e abastecimento de água; 3) restaurantes populares; e 4) programas de transferência de renda ao estilo do Bolsa Família.

Conforme as contas do Ministério da Saúde, esses dez Estados deixaram de aplicar cerca de R$ 2 bilhões no setor. O levantamento será submetido, no mês que vem, à câmara técnica do Siops (Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde), órgão que monitora se Estados e União estão gastando corretamente na saúde.

Com informações da Folha de S. Paulo

Tags: , ,


7 comentários para “Rio Grande do Sul foi o Estado que menos investiu em saúde em 2009”

  1. José Ricardo da Silveira Chagas disse:

    Este é o governo Yeda!

  2. José Ricardo da Silveira Chagas disse:

    E a RBS vivia elogiando o Secretário de Saúde do governo anterior! Indaga-se: pelo que?

  3. Mario disse:

    Deficit zero: saúde zero

  4. sara disse:

    Que coisa! Isto não pode se repetir!!!!

  5. [...] viaSul 21 » Rio Grande do Sul foi o Estado que menos investiu em saúde em 2009. [...]

  6. Luis Taborna disse:

    Por isso que o slogan “coragem para fazer” do desastrado governo Yeda. O pessoal não entendeu o slogan: Coragem para fazer era: Fazer menos na educação, saúde, segurança… E mais para: os bolsos dos correligionárrios, dos sonegagores e de outros cupinchas defensores deste goverlixo do governo passado que assaltou o Piratini.

  7. [...] matéria publicada no último dia 19 pelo Sul 21 – “com informações da Folha de São Paulo”, alerta [...]

Comentar

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.