rss

Colunas

O desenho do futuro do capitalismo

Enéas de Souza Respondendo algumas indagações que me foram colocadas sobre o futuro do capitalismo, gostaria de desenvolver alguns pontos: 1) Quando discutimos a divisão internacional do trabalho, na verdade, estamos falando como o capital resolve os seus problemas e a forma como ele incorpora o trabalho. Como já dissemos há tempos, o capital está […]

De como as finanças dominam a economia

Enéas de Souza Aos amigos e leitores que colocaram suas perguntas nos comentários ou pessoalmente, à medida do possível, vou respondendo, vou assuntando, vou tocando o meu bloco e meu samba econômico. Hoje, vou responder a um deles. Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come Franklin Cunha me pergunta se estamos na […]

Dilma no caminho de uma nova estratégia

Uma análise da realidade brasileira mostra que ela está atravessada, como toda a sociedade contemporânea, pelo menos por três grandes conflitos: a concorrência intercapitalista, a concorrência entre os Estados, e a concorrência entre o Estado e o Capital. E é vendo sob este ângulo que nós podemos compreender as dimensões da política profunda do Brasil. […]

De onde vem a face inquietante da economia?

A economia brasileira está sofrendo uma áspera torção na sua dinâmica inserida na economia mundializada. É preciso pensar o que significa este momento histórico, já fatalmente decisivo. Estamos noutro ponto do ciclo econômico, estamos num pós-desabamento da crise de 2007/08. O que significa dizer, olhando com sagacidade, que tudo está mudando, sorrateira e consistentemente. E […]

O som e a fúria no sertão do Recife

Artigo publicado na revista TEOREMA n° 21, com modificações O cinema de Kleber Mendonça Filho, “O Som ao Redor”, filma a decadência do engenho pernambucano. 1 – Por que o som se coloca como a carne decisiva deste filme, subjugando a imagem, a ponto de paralisá-la e levá-la à iminência de uma explosão? 2- Por […]

A França na hora do lance de dados

DA EUROPA DOS CAPITAIS A EUROPA DOS CIDADÃOS Não é cara ou coroa, mas é um momento decisivo para a França. E um momento importante para a Europa. E um momento importante para a mundialização. Não que François Hollande seja um esquerdista furioso. Não. François Hollande não é o candidato dos sonhos de alguém que […]

Dilma e Lula. Estratégia do Brasil e a queda dos juros

1) Dilma tem a qualidade mineira e a qualidade gaúcha para a política. Como mineira, ela joga em silêncio, trazendo a arte de esculpir o ouro, porque de ouro, já se sabe, é o silêncio. Essa era a grande arte do PSD de Minas. E com uma longa vida no Rio Grande, tem a arte […]

Salada de frutas: finanças, Obama, Demóstenes e Mélenchon

Não se pode fazer nenhuma análise redutora, mas há que tentar relacionar a com b, finanças com política. E cada caso tem a sua singularidade, mas toma nuance no contexto global. Digo bem se falo de um clima, de um tom, de uma atmosfera. A ascensão das finanças trouxe a liberalização do regramento ético no […]

A respiração da indústria brasileira

A interpretação do momento é muito complexa. Existem as medidas que o governo federal tomou no contexto do plano “Brasil Maior”. Mas esse plano existe no meio de uma realidade mais ampla, que é a transformação da mundialização e da inserção do Brasil nesse cenário. Assim, temos que ter um olho no nível das empresas, […]

O que faz então a Dilma?

1) Ora, Dilma está nadando num oceano inóspito, tentando articular vários níveis de ação. E percebe uma paisagem internacional complexa e ameaçadora. O que Dilma enfrenta é um capitalismo em processo de mutação, de contornos absolutamente indefinidos. Para onde ele vai ninguém sabe, só se advinha, só se intui. Tudo existe em esboço, tudo existe […]