rss

Blogs

Siga as setas

Se você, que acaba de nascer, acha que vai achar a pessoa certa na hora certa, na idade certa, na cidade certa, com a ficha e a família certas, e que esteja certa de que é você quem ela quer, e quem você quer é aquela mulher, lamento informar: – mas você pode procurar sentado […]

O ornitorrinco albino da Malásia (Ou vida de mãe)

Às 6h30 da matina, seu despertador personalizado te acorda com seu toque especialíssimo:

“Mamãe, o solzinho já saiu a casinha dele. Vamos levantar.”

E você é que ensinou a história do bendito solzinho que sai de casa. Você que queria tanto dormir só uns dez minutinhos a mais.

Paris é linda quando chove, o Rio é lindo quando chove…

Sobre todos os lugares que se tornam lindos quando neles se encontram finalmente nossas almas solitárias e errantes Ao sair do cinema depois de assistir ao filme Meia Noite em Paris de Woody Allen, pensei e comentei com quem nem estava por perto que, para mim, a grande mensagem desse filme é que não, nenhum […]

Goiânia, uma cidade carente de lembrar

Acordei com ressaca de brincar. Acordei com ressaca de tanto lembrar. Acordei sabendo que apesar das queixas, dos estranhamentos próprios de quem se debate no difícil convívio cotidiano, goianienses amam, amamos a cidade onde vivemos. Faltam-nos talvez a oportunidade, o pretexto, a primeira palavra para puxar o fio de um amor que sabemos guardado, enrolado […]

Sobre doutores e outras bajulações

Talvez eu tenha mesmo certa dificuldade em aceitar e lidar com a figura da autoridade e ache que no mundo são todos iguais (saiba, afinal, “todo mundo foi neném/ Einstein, Freud e Platão também/ Hitler, Bush e Saddam Hussein/ Quem tem grana e quem não tem”), como canta Adriana Partimpim). Talvez no fundo eu pense […]

Referências

Como as mulheres são engraçadas na louca perseguição do ideal de amor-paixão romântico. Adoro colecionar histórias de suas aventuras e histórias insensatas. Divirto-me relembrando minhas próprias peripécias e principalmente os relatos das amigas que me fazem rir até meus pequenos seios não siliconados farfalharem. Sei que há uma considerável verdade na assertiva de que mulheres […]