Flávio Fligenspan

A necessária avaliação social da política econômica

Flávio Fligenspan (*) Semana passada, escrevi sobre os resultados recentes da aplicação do sistema de metas de inflação no Brasil. A taxa de juros muito alta e o crédito super restrito geraram uma recessão sem precedentes que encolheu a demanda privada. Do lado do setor público, a busca dogmática por resultados fiscais melhores, apesar da recessão, […]

Inflação na meta e sociedade no buraco

 Flávio Fligenspan (*) Como é do conhecimento geral, ao longo do primeiro mandato, Dilma acumulou distorções de preços administrados e acomodou uma suave correção cambial, para assegurar um mínimo de competitividade à combalida indústria nacional. Combinou estas ações com outras na área fiscal, como redução de impostos (IPI) e desoneração da folha de pagamentos de diversos […]

Constrangedora coincidência

Por Flávio Fligenspan Uma constrangedora coincidência ocorreu na imprensa brasileira que trata de Economia na quinta feira da semana passada (22/12). O colunista Clóvis Rossi escreveu na Folha de São Paulo um texto intitulado “A ditadura dos economistas”, falando da visão de Paul Romer, economista-chefe do Banco Mundial, sobre a ciência econômica. Segundo Rossi: “Para […]

Fundação de Economia e Estatística: porque preservar

Por Flávio Fligenspan Uma instituição de pesquisa vale pelos trabalhos que produz e pelo uso que se dá a eles. Esta frase simples encerra muitas questões complexas que sociedades pouco esclarecidas não conseguem compreender. Daí para julgar rapidamente, muitas vezes sob influência de manipulações grosseiras e opiniões nada isentas, é um passo. Discutamos a frase […]

Tempos (cada vez mais) difíceis

Por Flávio Fligenspan A divulgação dos dados do PIB do terceiro trimestre do ano pelo IBGE, há duas semanas, e a revisão da expectativa de crescimento pelo Banco Central para 2016 e 2017 acenderam a luz de alerta nos meios político e empresarial. Desfez-se a ilusão infantil de que a simples troca de governo, com […]

A iminência de um novo governo

Por Flávio Fligenspan Para além da questão política – da forma de articulação que engendrou o golpe que destituiu Dilma –, uma das expressões mais usadas por economistas liberais e representantes do sistema financeiro à época do impeachment era “a necessidade de reconstruir a confiança”. Como o (início do) segundo mandato de Dilma adotou uma […]

Desigualdade de oportunidades

Por Flávio Fligenspan Acredito que a marca maior da sociedade brasileira é a da desigualdade, expressa em um número grande de variáveis à disposição de economistas, sociólogos, cientistas políticos e todos que se preocupam em estudar tal sociedade. A desigualdade se manifesta preferencialmente na renda, mas também na incidência dos tributos, no acesso aos serviços […]

Câmbio: “flutuação suja” em ação

Por Flávio Fligenspan Retomo o tema da coluna de 31 de outubro, quando eu discutia a “flutuação suja” da taxa de câmbio no Brasil. Lembre-se que a política econômica atual, de metas de inflação, prevê a obrigação do Banco Central (BC) atingir a meta fixada com dois anos de antecedência pelo Conselho Monetário Nacional; para […]

Câmbio flutuante, desde que para baixo

Por Flávio Fligenspan Como professor da disciplina de Economia Brasileira Contemporânea, tenho usado em aula um texto de André Averbug e Fabio Giambiagi como bibliografia de referência para tratar da crise brasileira de 1998/1999, quando faliu o regime de política econômica da “âncora cambial”, a taxa de câmbio disparou e fomos obrigados a trocar de […]

PEC 241: legitimidade e conflito distributivo (II)

Por Flávio Fligenspan Semana passada escrevi sobre a falta de legitimidade do Governo Temer para tomar decisões importantes sobre o futuro do País e para arbitrar sobre o conflito distributivo, impondo perdas e ganhos a diferentes setores da sociedade, principalmente via rearranjo dos gastos públicos que serão congelados se a PEC 241 passar tal como […]